BARRAGEM DO CABRIL

barragem A construção da Barragem do Cabril teve início em abril de 1951, com a obra a cargo da Hidro Eléctrica do Zêzere e com projeto de Joaquim Laginha Serafim. A inauguração teve lugar no dia 31 de julho de 1954 e contou com a presença do Presidente da República, General Craveiro Lopes.

A barragem é do tipo arco abóbada, com uma altura de 136 metros e com 290 metros de comprimento do coroamento. A capacidade do descarregador é de 2.200 m³/s.

Sendo uma das maiores barragens portuguesas e originando uma das maiores reservas de água doce do país, a Barragem do Cabril assume-se como um verdadeiro ex-libris arquitetónico da freguesia de Pedrógão Pequeno.

A sua albufeira tem uma capacidade total de 720.000 (*1000m³), enquanto a sua capacidade útil é de 615.000 (*1000m³). O seu perímetro é de 280 quilómetros.

Esta albufeira oferece um dos melhores quadros turísticos do concelho da Sertã e as suas águas são bastante procuradas para atividades aquáticas e pelos amantes da pesca desportiva.

Albufeira
• Capacidade Total da albufeira: 720.000 (x1000m3)
• Capacidade Útil: 615.000 (x1000m3)
• Volume Morto: 105.000 (x1000m3)
• Cota do Nível de Pleno Armazenamento: 296 m
• Cota do Nível Mínimo de Exploração: 240 m
• Superfície inundável à cota de pleno armazenamento: 2023 ha
• Perímetro: 280 km

Bacia hidrográfica
• Sub-Bacia Hidrográfica Principal: Rio Zêzere
• Área da Sub-Bacia Hidrográfica Principal: 2.414.45 km2
• Área da Sub-Bacia Hidrográfica Própria: 2.292.82 km2
• Precipitação Média da Bacia Hidrográfica: 1300 mm

Características Fisiográficas da Bacia Hidrográfica
• Altitude média: 633.06 m
• Declive médio: 24 %
• Escoamento Médio Anual: 965 hm3
• Caudal Máximo de Cheia: 2200 (m3/s)