Capela de Nossa Senhora da Confiança

Capela de Nossa Senhora da Confiança

“Situada no topo do monte de Nossa Senhora da Confiança esta capela foi mandada construir pela família Conceição e Silva, oriunda de Pedrógão Pequeno, no ano de 1902 (projecto do arquitecto Ruynant), sob as ruínas de uma outra mais antiga. Reza a lenda que a capela mais antiga foi construída no século XIII por um nobre cavaleiro que, estando nesse tempo sob prisão e a caminho de Coimbra, pernoitou numa cela da cadeia de Pedrógão Pequeno, situada nas imediações da Capela de Santo António.

O fidalgo alegava ser vítima de intrigas na Corte. Durante a noite, rezou, suplicando à Virgem Maria a protecção e confiança na sua inocência; assim, olhando para o monte em frente, teve a visão do aparecimento entre estrelas da imagem de Nossa Senhora.

Nesse momento, prometeu ali mandar construir uma ermida, a que, após a sua absolvição, deu cumprimento, sob a invocação de Nossa Senhora da Confiança.

A actual capela possui linhas simples e é composta por uma só nave, com coro, sobre a entrada principal. Os seus altares são de grande valor pela sua talha antiga, a qual pertenceu ao extinto Convento de Santo António da Sertã.

No tecto, observe-se a pintura de um brasão partido, tendo de um dos lados as antigas armas de Pedrógão Pequeno, uma águia sobre um vale onde corre um rio, e do outro o A e M de Avé Maria sobrepostos em monograma.

Nesta capela tem lugar, entre os dias 7 e 9 de Setembro, uma das romarias mais antigas e concorridas da região.

No espaço envolvente existem vestígios de um castro de idade do Bronze Final e do Ferro.”